Translate

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Vestido de crochê em squares da D&G

Olá meninas arteiras,

Quero compartilhar com vocês um vestido em crochê que achei simplesmente lindo e estou louca para fazer. Ele é simples, feito com squares pequenos, uma fofura só. A receita não é minha e não me recordo de onde baixei as imagens, se alguém souber por favor me informe para que possa colocar os devidos créditos.









Viram só que simples! Acredito que a execução seja demorada pelo tamanho dos motivos, mas o gráfico é super simples mesmo uma iniciante no crochê é capaz de executar. Espero que tenham gostado e bom trabalho =D

Bj!

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Vestido em crochê

Olá meninas,

Estive sem poder publicar porque estive doente, fui derrubada pela chycungunha e ainda estou me curando dela. Mas como o vício do crochê não me deixa terminei meu vestido de crochê mesmo sentindo muitas dores nas articulações das mãos rsrsrs..sou viciada em crochê, admito. Como não poderia deixar de fazer peça nova criada, é peça publicada com o passo a passo. Gosto de compartilhar conhecimentos e possibilitar a outras artesãs também fazerem as peças que desenvolvo ou que faço de outras artesãs. Então chega de conversa e vamos ao que importa.

Esse é o vestido, veste super bem e estou apaixonada por ele. A parte do decote fiz usando outra peça de inspiração, mas acabamentos e desenvolvimento da peça fui desenvolvendo e mudando ao longo do percurso. Primeiro pensei em fazer com a saia volante, mas não gostei do resultado, então desmanchei e fiz a saia justa com um leve volante na barra. Vamos aos materiais:

02 novelos de linha Anne cor 7684
Agulha para crochê 1,75
Tesoura
Agulha de costura para o acabamento das pontas


O vestido inicia pelo decote e para facilitar desenhei o esquema de um dos lados.
Espero que esteja dando para compreender bem. Será feito cada lado separadamente e unidos na última carreira conforme poderão ver nas próximas fotos.

 13 correntinhas para iniciar, faça mais quatro e faça um ponto alto na quinta correntinha. Seguir o gráfico. Serão trabalhadas carreiras de ida e volta sem aumentos por 12 carreiras.

 Na 13ª iniciar os aumentos para formar o decote do vestido, todos os aumentos serão feitos em apenas um único lado a sua escolha.

 Primeiro lado terminado, agora fazer outro exatamente igual e unir na última carreira conforme foto abaixo:


 Para fazer os demais lados iniciei na primeira carreira do ombro e segui igual aos demais já feitos, assim o ombro já fica unido.

Na última carreira unir a parte de trás formando a cava do vestido.

 Como fiz a união. Quando o último lado estiver sendo concluído unir na cava e na parte da frente formando o outro decote. O decote é igual para a frente e costas do vestido.

Unidas as partes vamos trabalhar agora de forma circular. Escolhi deixar a emenda em uma das cavas, assim facilitou também na hora de fazer os aumentos e diminuições necessárias à modelagem da peça. 


Trabalhe 13 carreiras sem aumentos ou diminuições, na 14ª na parte da cava trabalhe os pontos sem as duas correntinhas de separação (ponto V, ponto leque e ponto V, sem correntinhas de separação). Faça oito carreiras dessa forma em ambos os lados para ajustar na cintura. Caso tenha um tronco alto, basta trabalhar por mais carreiras antes de fazer o ajuste da cintura.

 Agora é necessário fazer os aumentos para o quadril. Após a última carreira com a diminuição nas correntinhas, na seguinte no ponto V central da cava trabalhe um ponto alto, uma correntinha, um ponto alto mais uma correntinha e outro ponto alto, mais uma correntinha e outro ponto alto no mesmo lugar. Será aí que trabalharemos o aumento necessário para o quadril. Na próxima carreira no ponto quádruplo faça três pontos V. Na próxima carreira seguir o esquema dos pontos normalmente. Para mim essa abertura foi suficiente, mas para quem tem quadril largo basta fazer mais um ou dois aumentos, de acordo com a necessidade.

 Ele ficará assim. Continue trabalhando sem aumentos ou diminuições até o tamanho que desejar fazer seu vestido. Quando faltar 5 dedos para alcançar o tamanho desejado inicie a barra.


A barra fica assim, fiz com um leve volante porque não queria justo na barra.

Utilizei esse gráfico e fiz algumas modificações. Na primeira carreira os espaços em branco entre os pontos eu fiz duas correntinhas de espaço. Na segunda carreira trabalhei o ponto V também nas correntinhas de espaço para que a barra ficasse volante e segui o gráfico trabalhando nesses pontos a mais e encerrei na décima carreira fazendo um picô no lugar da correntinha conforme podem ver na foto.Trabalhe o acabamento do decote em arcos com picôs ou utilize o acabamento que mais gostar.


Fica um vestido lindo e simples, para fazer um vestido para uma ocasião com mais glamour utilize a Anne Brilho ou outra linha com brilho, ficará maravilhindooooo. Espero que tenham gostado e qualquer dúvida estou a disposição para ajudar.

Até mais!
Bj!

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Blusa em squares coloridos

Olá meninas arteiras,

A sexta-feira chegou e para terminar bem a semana vamos de PAP. Fiz essa blusa em square a partir de uma fotografia da internet, me sentindo montando um quebra-cabeça pq não havia encontrado esquema de montagem, por isso resolvi compartilhar para facilitar para outras que desejam fazê-la.
Para fazer essa blusa você precisará:

Linhas para crochê em cores variadas
Agulha de crochê 1,75
Agulha para costura (união dos motivos)
Com esse gráfico você faz a peça que quiser, basta montar da forma desejada e fazer no tamanho que quer também. Esse gráfico possui apenas 4 carreiras, mas para a blusa fiz 5 carreiras, 4 com cores variadas e a 5º em preto. A cor de contorno será a que você mais gostar, não é obrigatório ser em preto. Confeccionei no total 28 squares.

A união foi feita utilizando agulha de costura após finalizar o motivo.


Para não me perder na montagem, ia fazendo e colocando em cima da mesa da forma que seriam costurados e de vez em quando parava e costurava alguns, não quis deixar a costura para o final.

Já com uma parte concluída.

Misture as cores que julgar melhor, experimente. A melhor parte desse modelo é poder reaproveitar os restos de linhas que com o tempo se torna abundante.

Medindo no manequim para ver como estava ficando. Com a peça fechada, fiz os acabamentos dos squares e depois fiz as alças. Para as alças trabalhar 50 correntinhas ou o tamanho desejado, caso queira a alça maior.  Unir as correntinhas ao square do fundo e voltar fazendo 3 pontos altos, duas correntinhas, pule 2 de base e faça mais 3 pontos altos até o final. Faça a segunda igual. O acabamento das alças e decote fiz nos espaços 3 correntinhas para subir, dois pontos altos e finalizei com um ponto baixo no espaço seguinte, assim ele formará umas ondinhas.

A blusa pronta ficou assim, ela fica folgadinha e com um decote generoso. Para não ficar tão aberto na frente podem notar que dei alguns pontinhos entre os squares do centro para fechar mais o decote, se não quiser tão decotado atrás faça o mesmo, eu preferi deixar um decotão atrás rsrs


Espero que tenham gostado. Qualquer dúvida estou a disposição para ajudar.
Bom fim de semana! ;)








segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Sapatilha em crochê

Olá meninas,

Que tal aproveitar o feriadão para aprender a fazer uma sapatilha em crochê?
Essa fiz no ano passado, mas acabei esquecendo de compartilhar o passo a passo dela. A sola perfurada que utilizei foi comprada na mão de Fernanda A. B. Simões, através da página dela no facebook. Então vamos lá.
Para fazer a sapatilha você vai precisa:
Uma sola perfurada para crochê
Cola de contato
Linha para crochê, utilizei a Anne cor: 7625
Fita de cetim
Tecido de algodão
Cola universal

 Inicie caseando toda a peça em pontos baixos com uma correntinha de distância entre os pontos.

 Fazer uma carreira em pontos altos, ponto sobre ponto e sobre a correntinha tb.

 Na segunda carreira trabalhar em ponto relevo com dois pontos de separação( 1 relevo, dois pontos normais e mais um relevo).

 Primeira carreira de ponto relevo.

 Após encerrada a peça achei que a palmilha ficaria mais confortável com uma espuma, então a depender da sola que estiver usando pode acrescentar a espuma antes de encapar a palmilha.

 Essa etapa é apenas para deixar a sapatilha mais charmosa rs...

 Colar a palmilha com cola de contato e continuar o trabalho da peça.

 Trabalhar 3 carreiras iguais e na quarta iniciar as reduções na parte da frente.


Para facilitar marquei com fio em outra cor os locais de início e termino das reduções.

 Marquei 8 relevos para um lado e oito pontos relevos para outro totalizando 16 pontos relevos.

 Na 14º carreira as reduções serão entre os pontos relevos e apenas na parte marcada o resto da carreira trabalhar normal, reduza fazendo os dois pontos sem fechar e fechando juntos, assim na próxima carreira será apenas um ponto. Na quinta trabalhar apenas 1 ponto em cima das reduções e na sexta carreira fazer reduções nos pontos relevos e os demais pontos da carreira trabalhar em pontos baixos.


 Na última carreira, marquei a parte do calcanhar que desejava fechar para ficar justa no pé e na parte demarcada fiz reduções em todos os pontos, sempre em ponto baixo.

 Na parte da frente em cima dos relevos com reduções fazer um ponto alto para cada redução e seguir a carreira em pontos baixos.


 Ela ficou dessa forma....mais tarde quando fui calçar percebi que precisava de mais uma redução no calcanhar e fiz uma carreira de reduções em pontos baixos apenas na parte o calcanhar.

Com a sapatilha pronta hora do acabamento.

 Fiz a base do laço em crochê e o detalhe ficou com conta da fita de cetim estampado, amarrei com a linha no centro e está pronto para ser aplicado. Para aplicar utilizei agulha de costura e o costurei na sapatilha.

 A sapatilha está pronta =)
Agora é só desfilar com ela por aí ;)

Espero que tenham gostado!
Ótimo feriado para vocês!